Com o primeiro Domingo do Advento, Igreja católica inicia novo Ano Litúrgico

DSC 4060No primeiro domingo de dezembro, a Igreja Católica iniciou um novo ano litúrgico, o período do advento. A palavra Advento vem do latim Adventus: "chegada", do verbo Advenire: "chegar a", é o primeiro tempo do Ano litúrgico, o qual antecede o Natal. Para os cristãos, é um tempo de preparação e alegria, de expectativa, onde os fiéis, esperando o Nascimento de Jesus Cristo vivem o arrependimento e promovem a fraternidade e a Paz. Jesus Cristo diz-nos “Acautelai-vos, estai alerta, pois, não sabeis quando é o momento”, assim devemos ficar vigilantes sobre a nossa forma de estar perante Deus, na oração e na nossa missão. Estar cada vez mais em profunda intimidade com o Senhor com uma atitude de acolhimento a Deus, que significa conversão – vivência da nossa condição de filhos de Deus, pois Jesus veio tornar-se nosso irmão e fazer-nos filhos de Deus e nos dar a Salvação.

Pelo Advento nos preparamos para celebrar o Senhor que veio, é a manifestação de Deus experimentada há mais de dois mil anos com o nascimento de Jesus. Oremos e vigiemos as nossas faltas cotidianas vivendo em clima de conversão. Pela alegria do Advento, pela Paz, pelo dom de Deus, pela identificação da nossa vontade com a de Deus, pela necessidade da intensificação da nossa fé, sempre reconfortados de que Jesus Cristo é o Bom Pastor, nosso Pai.
Também nesse dia acende-se a primeira vela da coroa do Advento, um dos muitos símbolos do Natal. Ela nos traz um significado por meio de seu formato circular e de suas cores, silenciosamente expressa à esperança e convida à alegre vigilância. A coroa teve sua origem no século XIX, na Alemanha, nas regiões evangélicas, situadas ao norte do país. Nós, católicos, adotamos o costume da coroa do Advento no início do século XX. Na confecção da coroa eram usados ramos de pinheiro e cipreste, únicas árvores cujos ramos não perdem suas folhas no outono e estão sempre verdes, mesmo no inverno. Os ramos verdes são sinais da vida que teimosamente resiste e são sinais da esperança. Em algumas comunidades, os fiéis envolvem a coroa com uma fita vermelha que lembra o amor de Deus que nos envolve e nos foi manifestado pelo nascimento de Jesus. Até a figura geométrica da coroa, o círculo, tem um bonito simbolismo. Sendo uma figura sem começo e fim, representando a perfeição, a harmonia e a eternidade. Na coroa, também são colocadas quatro velas referentes a cada domingo que antecede o Natal. A luz vai aumentando, na medida em que se aproxima o Natal, festa da luz que é Cristo, quando a luz da salvação brilha para toda humanidade. Quanto às cores das quatro velas, quase em todas as partes do mundo é usada a cor vermelha. No Brasil, costumava-se usar velas nas cores roxa, verde branca e, uma vela cor de rosa referente ao terceiro domingo do Advento, quando se celebra o Domingo de Gaudete (Domingo da Alegria), cuja cor litúrgica é rosa.

Por Vânia Abdala

  • banner1000x120.jpg
  • capela.jpg
  • site-pascom2018.jpg